Honestidade

Considero-me uma pessoa honesta. Não tenho problema nenhum em assumir quem sou.

Neste momento, vivo num quarto, numa pensão residencial barata e vivo daquilo que ganho na imobiliária. Não tenho vergonha, pelo contrário, estou muito orgulhosa de mim própria pelo que alcancei até agora.

Sabem que mais? Sou feliz.

 

M.

Chantagem

Já esperava que a chantagem fosse uma das armas escolhidas para tentarem fazer com que mudasse de ideias.

Eu não cedo. Já não aceito que mandem na minha vida e que queiram manipular a forma como penso.

Recuso qualquer tipo de ameaça.

Raízes

Saí da cidade onde nasci e deixei para trás a minha família.

Compreendo, agora, que as minhas origens nunca saíram de mim. Sou uma mulher forte, com capacidade de organização e com tenacidade para viver a minha vida, sozinha, sem ter alguém a manipular.

Não preciso de um casamento podre. Preciso, apenas, de mim.

Preserverança

Quando decidi mudar a minha vida, percebi rapidamente que tinha que estudar e estar à altura da mudança. Não tenho estudado apenas matéria escolar, tenho estado atenta a conteúdos de cultura geral e informativos. Para mim, o mundo adquiriu uma nova vida e uma nova cor.

Agora vejo tudo de outra forma e de ângulo diferente.

 

M.

Falta

Há momentos em que me sinto sozinha. É uma solidão terrível, parece quase infindável. Fico desorientada, não tenho a segurança a que estava habituada. Admito que me sinto assim, de vez em quando. Mas lembro-me rapidamente que estou aqui por um motivo e que a minha felicidade está próxima porque o caminho que escolhi é o certo para mim.

Vou ser feliz!

Vou ser feliz!

Vou ser feliz!

 

M.