Saudosismo

Ontem, a passear por uma rua de Lisboa, observei durante algum tempo uma mãe a brincar com o seu filho. Lembrei-me imediatamente do meu filho e as saudades atravessaram o meu coração como se fossem uma flecha.

Vontade de te ver e de conversar contigo. A nossa relação está muito longe de ser a convencional entre mãe e filho, mas quero que saibas que te amo e que te trago sempre no coração.

 

M.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>