Aprisionada

Durante muito tempo, sentia-me aprisionada. Passava os dias a pensar e a viver sob as indicações e os desejos de outra pessoa.

Hoje sei que sou uma mulher diferente e a minha vontade de lutar é maior.

Um sorriso no rosto e os dias parecem mais coloridos.

 

M.

Tu

Tu cresceste em mim, amei-te desde que soube que existias e ainda eras, apenas, uma semente. Imaginei como seriam os teus olhos, como seria o teu cabelo, como seriam as tuas mãos, como seria o teu rosto, o teu sorriso. Pensei numa família feliz e completa, como acreditei que seria a nossa. Falhei, falhámos. Tropecei no passado, deixei-me levar pelas más intenções e pelas motivações de outros.

Há uma verdade absoluta, amo-te muito, filho. E esse amor é inabalável, não muda só porque alguém assim quer, não muda só porque nos zangamos. Não muda.

 

M.