Tabú

Ainda não falei sobre o que aconteceu ao Manuel. Enfim, não me vou perder em lamentos, mas lamento o que lhe aconteceu e estou a ser sincera ao afirmar isto. Ainda assim, não altero a minha vontade em libertar-me dele e dos anos em que estivemos juntos. Não pretendo mudar nada por sentir pena.

Não mudo.

 

Marlene

Cláudia

A vida traz-nos e leva-nos pessoas. Desta feita, a Cláudia foi-se embora. Não sei muito bem quais os motivos, depreendo que estejam relacionados com o marido e com a vida pessoal. Tenho a desejar-lhe tudo de bom e desejo, sinceramente, que consiga recuperar a sua vida.

Um beijinho para ti, Cláudia.

 

Marlene

Consequências

Todos nós tomamos decisões. Todos nós o fazemos diariamente. Quando escolhemos a pastelaria onde bebemos café, isso é uma escolha. quando vamos ao talho e pedimos bifes, é uma escolha. quando vamos a determinada loja, é uma escolha. Quando não cumprimentamos uma pessoa, é uma escolha. Tudo é uma escolha. Depois, as nossas escolhas trazem consequências, sejam elas de maior e menor grau. Se soubermos escolher por forma a minimizar as consequências, óptimo. No entanto, há momentos em que tudo parece descontrolar-se e os danos são muito maiores.

Foi o que aconteceu?

 

Marlene

Tempos passados

Lá atrás no tempo, e num tempo longínquo, eu era submissa, acatava ordens e tudo o que diziam, parecia uma sombra. Não era eu, era uma outra pessoa.

Hoje sou uma mulher nova, independente, sei valorizar-me. Tenho inseguranças e medos, mas já não me deixo amedrontar. Gostava que algumas pessoas percebem isso de uma vez por todas!

 

M.

Dias difíceis

Quem não tem dias difíceis que ponha o dedo no ar!

Muitas vezes não conseguimos lidar com a nossa personalidade e com as nossas características. Custa-nos enfrentar quem somos e as escolhas que fazemos. Penso que devemos ser, sempre, honestos connosco, perdoarmo-nos e aceitar quem somos.

 

M.