Amores

O amor deveria ser simples. Sempre, a qualquer hora, todos os dias. Deveria ser constante e pleno. Mas não é e, por mais estranho que parece, há amores que nem valem a pena nem o esforço.

Para mim, só valerá a pena quando não me fizer sofrer, quando só tiver o coração completo de felicidade.

 

M.

Sem medo

Neste ponto da minha vida, não tenho medo de enfrentar as contrariedades nem os percalços. Penso, avalio e faço por reagir rapidamente.

Sei que está a correr bem e não tenho medo de enfrentar as ameaças do meu (ex)marido. Apenas receio perder a minha relação com o meu filho, ou a oportunidade de ter uma relação com ele.

 

M.

Passado e futuro

Já tive uma vida de luxo e estou agradecida por ter tido dinheiro e conforto. Mas hoje sei que o dinheiro não é tudo. Alías, pode mesmo ser NADA quando comparado com amor e afecto, respeito e carinho. E, hoje sei que não tive nada disso. Como tal, são essas as minhas conquistas no futuro, mesmo com pouco dinheiro.

Amor, afecto, respeito e carinho.

 

M.

Sem retorno

Não volto atrás, mesmo contra a vontade do meu filho e ainda que tenha que ouvir os seus desaforos. Tenho esperança que, um dia, ele compreenda os meus actos e as minhas decisões. Até esse dia chegar, a minha vontade será a mesma e o meu desejo só um: ser feliz.

Mais, estou tão satisfeita comigo e com o meu trabalho!

 

M.